4.2.10

SENHOR DOS PASSOS - 2009

Ovar celebrou os Passos do Senhor

Foi excepcionalmente concorrida a Procissão dos Passos, que saiu na tarde do Domingo passado, 4.º Domingo da Quaresma e segundo dia desta solarenga Primavera, convidativa a um desabrochar de vida nova e a um mergulho no mistério pascal que se aproxima.
Para o acrescentado interesse por esta celebração religiosa, tal como acontecera quinze dias antes com a Procissão dos Terceiros, muito contribuiu o empenhamento de alguns cidadãos da velha guarda que, prezando as tradições e os valores patrimoniais de Ovar, e em articulação com a Paróquia, a Ordem Terceira de S. Francisco, a Irmandade dos Passos e o Departamento da Cultura do Município, sensibilizaram os católicos de diversos grupos associativos locais para a sua participação activa nestas manifestações públicas, no que foram prontamente atendidos.
Assim, além das Confrarias do Santíssimo de S. Cristóvão e de S. João de Ovar, das Irmandades dos Passos de Ovar e de Válega, da Santa Casa da Misericórdia, e dos Escuteiro, estiveram presentes representantes de grupos associativos de Arada, de Ovar e de S. João.
Presidiu o Pároco de Ovar, e fez judiciosas e tocantes reflexões sobre os Passos, na Igreja Matriz e nas Capelas do Encontro (de Jesus com sua Mãe) e do Calvário, o Capelão Militar Padre Benjamim de Sousa e Silva (foto), que desde há 21 anos dá a sua colaboração dedicada à Paróquia de Ovar.








Tomaram parte, como é habitual, o Coral Sacro do Orfeão de Ovar, que cantou o Miserere (na Igreja) e um cântico litúrgico Bajulans (em cada uma das monumentais Capelas dos Passos, que datam do século XVIII), a Filarmónica Ovarense, que executou marchas processionais, e a veterana Clara Maia, que interpretou, como Verónica, o expressivo motete “O Vos Omnes” (“Todos vós que passais no caminho parai e vede se há dor igual à minha”).
Acompanharam o préstito os Presidentes da Câmara, da Assembleia Municipal e da Junta de Freguesia, bem como grande número de fiéis e crianças com “encargos” referentes à Paixão de Cristo. Prestaram bons serviços vários agentes da PSP e diversos acólitos.TEXTO: jornal "João Semana", 1 de Março de 2009 - FOTOS: António Mendes Pinto, Fernando Pinto e Vítor Vaz.

Sem comentários:

Enviar um comentário